Padre é processado por dizer que morto vai para o inferno

Da Redação Em São Paulo

Um padre americano foi fugir do blá-blá-blá que marca as cerimônia de velório e acabou sendo processado. Tudo isso porque, em vez dos tradicionais elogios ao bom caráter do morto, ele foi direto ao ponto. Segundo o sacerdote Scott Mansfield, o finado Ben Martinez, 80 anos, estava "vivendo em pecado", "não estava interessado em sua fé". O morto devia ser mesmo uma pessoa ruim porque o padre também disse que "o Senhor vomitou pessoas como Ben diretamente de sua boca para o inferno".

A família do finado Martinez entrou na Justiça contra a Igreja, pedindo compensações financeiras pelo "sofrimento emocional" causado pelas declarações.

Fonte: BBC

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos