Patos de borracha dão a volta ao mundo em 4.200 dias

Da Redação Em São Paulo

Algumas pessoas se gabam de ter escalado o Everest ou encarado tigres nas selvas de Bengala. Mas aventura, mesmo, foi a volta ao mundo realizada por 29 mil patos, tartarugas, rãs e castores de borracha.

O périplo começou há 11 anos, quando os bichinhos, que viajavam tranqüilamente a bordo de um cargueiro de Hong Kong, caíram no mar. O destino deles era nadar nas banheiras de lares americanos, mas acabaram tendo de se virar nas águas do oceano Pacífico.

Milhares desses aventureiros desapareceram por afogamento, ficaram presos no gelo ou foram atacados por peixes ferozes. Mas, segundo um cientista americano, centenas de patos heróis estão hoje no Atlântico e alguns a ponto de alcançar as costas islandesas, irlandesas ou britânicas, depois de atravessar o mar e o Estreito de Bering e sobreviver às temperaturas glaciais do Oceano Ártico.

O editor do UOL Tablóide, que nunca teve um patinho de borracha, rende sua homenagem a esses desbravadores.

Fonte: AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos