Safenado quer correr 7 maratonas em 7 dias e em 7 continentes

Da Redação
Em São Paulo

Toni Pires/Folha Imagem
Convenhamos: a Antártida não é um ambiente muito animador para começar uma tarefa dessas
Se você acha que aquele seu amigo que joga tênis às segundas, basquete às terças, futebol às quintas e ainda nada 2.000 m todo santo dia é hiperativo, preste atenção nesta história.

O britânico Ranulph Fiennes anunciou que irá tentar correr sete maratonas em sete dias e em sete continentes. Detalhe: há quatro meses ele sofreu um ataque cardíaco quase fatal.

Fiennes, 59, e o médico Mike Stroud, 48, vão dar início ao desafio no dia 26 de outubro na Antártida e, se o tempo permitir, terminar 168 horas depois em Nova York.

Depois da Antártida, Fiennes planeja correr em Santiago, Sydney, Cingapura, Londres e Cairo antes de chegar a Nova York e se juntar às milhares de pessoas que disputarão a maratona anual na cidade no dia 2 de novembro.

Safenas e desafios
O explorador e ex-oficial das forças especiais passou mal no dia 7 de junho e teve que passar por uma cirurgia no coração para colocar duas pontes de safena, e por isso os médicos determinaram um limite de batimentos cardíacos para cada maratona - 130 batimentos por minuto.

Fiennes - que já sobreviveu a uma gangrena no Pólo Norte, esquivou-se de balas no Oriente Médio, fez trekking nos Andes e canoagem no rio Amazonas - tornou-se um dos primeiros homens a chegar aos dois Pólos a pé em sua Expedição Trans-Global em 1982.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos