Casais disputam campeonato norte-americano de "carregamento de mulher"

Da Redação
Em São Paulo

Reuters
A posição estoniana. É mole?
Atravessar um percurso acidentado com a mulher nas costas e no menor tempo possível. O inusitado esporte existe, e é conhecido pelo singelo nome de "carregamento de mulher".

Dezenas de casais resolveram reafirmar seu amor neste sábado (11) ao participar do 4º campeonato norte-americano da categoria, disputado em Newry, nos cafundós dos Estados Unidos.

Na competição, as duplas são livres para escolher a melhor forma de carregar seu parceiro. Mas os mais experientes dão a dica: a maneira mais eficiente é conhecida como "método estoniano", e consiste em colocar a mulher de cabeça para baixo, segurando o homem pela cintura. A posição pouco ortodoxa se justifica -- com as mãos livres, o homem tem mais facilidade para vencer os obstáculos.

Derrubar o parceiro no chão custa pontos à dupla, além de levar a um tremendo problema conjugal.

O prêmio? O peso da mulher em latinhas de cerveja, e o direito de disputar o Mundial da Finlândia.

O Editor do UOL Tablóide, sempre atrás de boas idéias, já pensa em realizar a versão brasileira do evento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos