Cidade proíbe que crianças se sentem no colo do Papai Noel

Da Redação
Em São Paulo

Uma pequena cidade da Nova Zelândia não deixará que as crianças se sentem no colo do Papai Noel durante as festividades de Natal. Se você imaginou que os pequerruchos neo-zelandeses estão muito gordinhos e quiseram preservar a saúde do bom velhinho, você está enganado. Segundo os organizadores, a medida será tomada como precaução contra eventuais acusações de pedofilia.

Para evitar o contato entre as crianças e o Papai Noel, cadeiras serão fabricadas especialmente para a ocasião.

Gail Thompson, organizadora das festividades na cidade de Mosgiel, explicou que esta precaução era absurda, mas necessária para evitar que, algum dia, as crianças venham a questionar o comportamento do bom velhinho.

Graham Glass, o Papai Noel de Mosgiel, classificou a decisão de "totalmente ridícula".

O editor do UOL Tablóide teme pelo que as autoridades planejam para o coelhinho da Páscoa, notório por praticar atos libidinosos (com as coelhas, que fique bem claro) na frente das crianças.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos