Juíza é acusada de trabalhar bêbada e se defende: "não escovei os dentes"

Da Redação
Em São Paulo

A juíza finlandesa Leena Pettinen foi acusada de participar de quatro audiências bêbada. Durante uma audiência em março, por exemplo, o nível de álcool no sangue de Leena estava três vezes mais alto que o limite permitido para dirigir.

Como era de se esperar, Leena se defendeu. E de um modo original. Segundo a juíza, o teste do bafômetro falhou porque ela, com muita pressa naquela manhã, não tinha escovado os dentes.

Leena disse que havia dado uma festa na noite anterior, e que bebeu "vários copos" de vodca, conhaque, vinho e cerveja.

"O resultado do teste do bafômetro teve influência do álcool que ficou na minha boca, o qual eu não tive tempo de remover durante a manhã escovando os dentes", disse a juíza.

Leena pode ter que pagar uma multa ou ficar presa por até um ano por má conduta profissional.

Esta semana anda complicada para juízes europes, mas divertida para o editor do UOL Tablóide: juiz francês é acusado de se masturbar durante audiência.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos