Chineses são condenados à prisão pérpetua por organizarem orgia

Da Redação
Em São Paulo


Isso que se pode chamar de uma política enérgica de combate ao turismo sexual. Dois funcionários de hotel chineses foram condenados na quarta-feira à prisão perpétua por terem organizado uma orgia sexual envolvendo centenas de turistas japoneses.

Outros doze chineses foram sentenciados a penas de até 15 anos por "ajudar na organização de prostituição".
AFP
Mao, que lutou contra a ocupação japonesa durante a 2ª Guerra, deve estar se revirando no túmulo


A festinha coincidiu com o 72º aniversário do início da ocupação japonesa na China, quando cerca de 15 milhões de chineses foram mortos ou feridos pelas forças nipônicas, antes e durante a Segunda Guerra Mundial.

Segundo a mídia estatal chinesa, a orgia, ocorrida em um hotel cinco estrelas de Zhuhai, na Província de Guangdong, envolveu centenas de turistas japoneses e prostitutas chinesas. A polícia descobriu e prendeu os 14 chineses que organizaram o evento. Os dois principais idealizadores da brincadeira pegaram prisão perpétua por "organização de prostituição em massa".

Já empresa de construção japonesa em que os envolvidos no caso trabalham disse que alguns de seus empregados estavam no hotel na época, mas negou que tenha ocorrido uma orgia. Ah, vá.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos