China proíbe anúncios desagradáveis na hora das refeições

Da Redação
Em São Paulo

Na TV, uma modelo linda e sorridente anuncia um novo e revolucionário remédio para hemorróida. E você está prestes a ingerir a primeira garfada de seu opíparo almoço. Isto te faz perder a fome?

O governo da China acha que sim. Por isso, a partir desta quinta-feira, primeiro dia de 2004, uma lei proíbe a emissão de anúncios sobre produtos definidos como "ofensivos". Os remédios contra hemorróida, por exemplo.

Esta lei também limitará o número máximo de intervalos por programa e a duração dos mesmos, uma medida tomada devido às muitas queixas dos espectadores chineses pelo excesso de anúncios na televisão.

ps: Hoje é dia 1º de janeiro. O editor do UOL Tablóide aproveita para mandar um forte abraço e um feliz Ano Novo a todos os amigos internautas que acompanham este esdrúxulo noticiário eletrônico. Tudo de bom para vocês três.

Fonte: EFE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos