Italiano passa 31 horas beijando e depois precisa de oxigênio

Da Redação

O italiano Andreas Sarti e sua namorada, Anna Chen, quebraram o recorde mundial por beijar ininterruptamente por 31 horas e 18 minutos. Sarti, porém não ficou muito bem após a "beijotona" (maratona de beijo) e precisou de oxigênio para se recuperar.

O beijaço aconteceu em Vicenza, na Itália, diante de fiscais. Graças a este esforço, Sarti e Anna receberam US$ 12.700 (pouco menos de R$ 40 mil). Sarti disse que entrou na competição porque o casal precisava do dinheiro para casar.

Fonte: BBC Brasil

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos