Mulher encontra dedo na salada, não come e ainda processa restaurante

Da Redação

Nada tão saudável quanto uma salada, certo? Depende...

Uma nova-iorquina entrou nesta terça com um processo que exige US$ 3 milhões de um restaurante por ter encontrado parte de um dedo humano em uma salada de beterraba.

Marina Andriynannikova, cliente insatisfeita e cônscia de seus direitos, afirma que provava a salada de seu namorado quando encontrou "algo duro" dentro.

"A princípio não me dei conta do que era. Depois, vi que era uma unha e um pedaço de carne de dedo", disse Andriynannikova ao jornal "The New York Post".

Os namorados - que jantavam em casa - ligaram imediatamente para o restaurante. O gerente foi ao apartamento dos clientes para verificar o que havia ocorrido.

"Primeiro ele se negou a acreditar que era um dedo, até que descobriu depois que um de seus cozinheiros tinha cortado um dedo", relatou a querelante.

Andriynannikova (preste atenção na grafia, são quatro enes espalhados pelo sobrenome!) apresentou uma ação por negligência, assim como culpou o empregado por ocultar "onde tinha ido parar o pedaço de seu dedo" depois de ele ter sido cortado.

O advogado do restaurante e o da demandante, Steven Newman, recusaram-se a falar sobre o caso. O dono do dedo da discórdia não foi procurado pelo jornal.

Você já encontrou coisas estranhas em um prato de comida? Um dedo? Dois dedos? Uma nota de US$ 100? Uma cartela de bingo? Conte para nós no blog e no fotoblog do Editor do UOL Tablóide.

Fonte: EFE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos