Partido de verdade é isso aí: para entrar, é preciso encher a cara com dignidade

Da Redação

Como veterano analista político, este Editor sempre reclamou da falta de conteúdo programático dos partidos brasileiros. Eles deveriam seguir o exemplo do Partido do Vinho, essa gloriosa organização sedida na Bulgária, país onde todos os nomes terminam em "ov".

Ao contrário dos partidos brasileiros, para entrar no Partido do Vinho é preciso seguir uma regra rígida: ser capaz de encher o caneco sem dar vexame e cair babando no chão.

Segundo os dirigentes do partido, os aspirantes devem estar bem preparados e treinar diariamente. "É preciso encher o tonel com material suficiente e treinar todos os dias", prega o presidente da agremiação, Ivan Luleiski (opa, o nome dele não termina em "ov", mas é uma exceção!).

Este Editor apóia o Partido do Vinho e promete tomar uma cerveja hoje em homenagem aos camaradas búlgaros!

Gostou? Deixe a sua opinião no blog e no fotoblog do Editor do UOL Tablóide.

Fonte: EFE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos