Velocidade máxima: locomotiva percorre 200 km sem maquinista e provoca pânico

Da Redação

Parece enredo de filme de ação (tipo "Velocidade Máxima", sabe?), mas é real.

Uma locomotiva sem maquinista percorreu nesta sexta-feira quase 200 km no sul da Itália, semeando pânico na sua passagem, até que a empresa italiana de ferrovias (RFI) conseguiu descarrilar a máquina em uma pequena estação abandonada.

O maquinista da locomotiva, que pertence a uma companhia privada encarregada da manutenção das vias ferroviárias, saiu pela manhã de uma estação perto de Cosenza, na Calábria, e caiu da máquina ao ser inclinar para ver se o caminho estava livre.

(Pausa para comentário do Editor do UOL Tablóide: será que isso aconteceria com Keanu Reeves?)

O funcionário da empresa que devia autorizar a saída da locomotiva viu a queda e tentou alcançar a máquina, sem sucesso.

O homem avisou o ocorrido à RFI, que comunicou a informação às forças de segurança. Todos os trens que iam passar pela mesma linha foram desviados, enquanto a locomotiva acelerava progressivamente até alcançar os 80 km/h.

A RFI conseguiu dirigir a máquina para a estação de Rutino, perto de Salerno, desativada há vários anos, onde ela descarrilou.

Aproveite que você não está em um trem sem maquinista e veja o blog e o fotoblog do Editor do UOL Tablóide.

Fonte: AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos