Funerária cobra preço do enterro de acordo com peso do corpo

Da Redação

Parece que a velha máxima do "vale o quanto pesa" está cada vez mais atual e valendo até as portas da eternidade.

Na Hungria, uma funerária do condado de Pest, que fica perto da capital do país, Budapeste, determina o preço de seus serviços de acordo com o peso do corpo a ser enterrado, segundo informações do jornal Színes Lap.

A justificativa dada por um funcionário da funerária para relacionar peso e o dinheiro pago no serviço é simples e direta. "É mais difícil levantar e transportar um cadáver pesado".

A lógica tambem é utilizada no caso da cremação dos corpos, afina, como diz o funcionário, "dependendo do peso se usa menos ou mais energia".

Para enterrar um corpo de 140 quilos, a funerária aumentou o preço dos serviços em 19 mil florins (cerca de 80 euros).

A funerária também quer ditar a moda do "peso ideal" também para os mortos - estabelece em 80 quilos o peso de uma pessoal "normal" a ser enterrada.

O jornal só não conseguiu descobrir se a justiça pós-morte também funciona do outro lado e o serviço para quem está abaixo do peso "normal" recebe desconto.

Parece que está cada vez mais difícil ultrapassar o peso "normal". Poltronas de aviões, cinemas e teatros, os olhares reprovadores na rua, aquele comentário maldoso da tia-avó ("nossa, como você está mais forte do que no ano passado"), e agora até na hora do descanso final.

Fonte: EFE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos