Envelope com cocô de elefante é confundido com atentado terrorista

Depois de jogar aviões contra prédios, bombear estações de metrô e ônibus e enviar envelopes com o pó branco do antrax, os terroristas já deixaram claro que não conhecem limites. De olho nesse retrospecto assustador, os prevenidos funcionários dos Correios da cidade de Bonneuil-en-France, um subúrbio ao leste de Paris, chamaram a polícia ao receber um envelope contendo uma espécie de pó avermelhado muito, muito estranho. Mal sabiam eles que a substância suspeita era excremento de elefante.

"Como o plano Vigipirate (de alerta antiterrorista) está em seu nível máximo, os funcionários do centro postal estão mais atentos e todas as medidas foram adotadas para proteger as pessoas que tiveram contato com o envelope", justificou a polícia.

Seguindo os rígidos padrões de segurança, as autoridades francesas submeteram seis funcionários dos Correios e dois policiais a exames médicos para descobrir a verdadeira natureza do produto. O resultado dos exames mostrou que o pó avermelhado era cocô de elefante.

A investigação revelou que o remetente não tinha nada de terrorista. Os excrementos vinham do Sri Lanka, onde são usados em rituais religiosos. O destinatário seria um cingalês que mora em Paris.

O Editor do UOL Tablóide prefere um elefante que incomoda muita gente, porque as fezes do paquiderme incomodam, incomodam muito mais.

Fonte: AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos