Rei da Suazilândia escolhe 13ª mulher entre 50 mil virgens

Da Redação

O último fim de semana foi agitado no reino da Suazilândia, pequeno país vizinho da África do Sul.

O rei Mswati 3º participou de uma cerimônia de dança, o Baile da Cana, com 50 mil virgens para a escolha de sua 13ª mulher. As candidatas a noiva real dispensaram véu e grinalda e se exibiram vestidas apenas com minissaias. Sim, eu disse apenas com minissaias. E nadinha na parte de cima.

Cantando tributos ao rei e à rainha-mãe, candidatas dançaram no estádio real com o objetivo de chamar atenção do monarca de 37 anos. "Eu quero uma boa vida, quero dinheiro, quero ser rica, uma BMW e um telefone celular", dizia uma das dançarinas, Zodwa Mamba, 16, enumerando os presentinhos que as outras 12 esposas já têm.

A oposição da Suazilândia, é claro, chiou. "A cerimônia tem sido utilizada de modo errôneo para a satisfação de um homem", afirmou Mario Masuku, líder de um partido banido do país. "O rei tem paixão por mulheres jovens e pela opulência."

O Editor do UOL Tablóide, que ficou indeciso diante das poucas dezenas de belezuras do Miss Universo, entende bem a dificuldade do rei africano de escolher entre 50 mil despeitadas e se oferece, com muito respeito, para auxiliar Vossa Majestade em sua árdua tarefa.

Enquanto o rei participava da cerimônia, a princesa da Suazilândia não teve a mesma sorte e foi agredida por um funcionário real. O motivo: Sua Alteza participava de uma bebedeira para celebrar o fim da regra da castidade, imposta imposta há cinco anos às jovens do país para combater a epidemia de Aids.

A princesa S'khanyiso Dlamini, de 17 anos, apanhou de um funcionário durante uma festa organizada na véspera do Baile da Cana. "Quando soubemos que as jovems participavam de uma bebedeira e dançavam, me surpreendi, mas quando vi Sua Alteza entre a gente. Ela não bebia, mas nos chocou muito e acabei agrendindo-a de raiva", disse o funcionário do palácio.

O Editor do UOL Tablóide se dispõe, mais uma vez, para auxiliar o distante reino da Suazilândia e se oferece para ajudar a princesa a comemorar o fim da castidade.

Fonte: Folha Online e AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos