Irã cria "fundo do amor" para aumentar número de casórios

Da Redação

O amor está no ar no Irã. O novo presidente, o populista e conservador Mahmoud Ahmadinejad, acabou de propor uma medida pra lá de romântica -- e bilionária. Ahmadinejad criou um "fundo do amor", órgão governamental que vai distribuir 1,3 bilhão de dólares a jovens pobres que queiram juntar os trapinhos.

"O fundo do amor é uma realização do novo slogan do governo: levar o dinheiro do petróleo às mesas das pessoas", afirmou o vice-presidente Farhad Rahbar à televisão estatal. Nesse caso, não só à mesa, mas também à cama.

Os jovens iranianos vivem reclamando que não têm recursos para casar por causa dos problemas econômicos e, por isso, vivem cada vez mais tempo com os pais. Para alegria das mulheres iranianas, os homens não vão ter mais aquela velha desculpa para adiar o casório. O Editor do UOL Tablóide espera que o "fome zero" matrimonial não vire moda no Brasil.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos