Macacos me mordam! Chimpanzé consegue parar de fumar após 16 anos de vício

Da Redação

Ai Ai teve uma vida muito sofrida. Em 1989, seu marido morreu. Oito anos depois, voltou a sentir a dor da viuvez, dessa vez com um agravante: sua filha a deixava para viver em outra parte do país. Pobre Ai Ai.

Em um momento de fraqueza, Ai Ai cedeu às tentações e tornou-se viciada em cigarros.

A história de Ai Ai não é diferente de milhares de pessoas. Com uma diferença. Ai Ai não é uma pessoa, e sim uma chimpanzé. Pois é. Algum engraçadinho ensinou a macaca a fumar, e deu no que deu. Há 16 anos ela tem queimado cigarros até a última ponta.

Depois de notar que o tabagismo estava deteriorando a saúde a macaca, funcionários do zoológico de Xian (China) projetaram um plano para distraí-la e fazer com que ela se esquecesse dos cigarros.

Um intenso programa de atividades mantém Ai Ai ativa durante todas as horas do dia. Ela faz um passeio depois do café da manhã, tem uma sessão de música pop depois do almoço e faz ginástica após o jantar, explicou um de seus cuidadores.

Além disso, teve a quantidade de comida duplicada, acrescentando à tradicional dieta de arroz, leite, bananas, pratos de comida frita e os típicos raviolis do norte da China.

"Durante os primeiros dias, ela sofria buscando cigarros, mas, à medida que sua vida se tornou mais alegre, foi se esquecendo deles", acrescentou a fonte.

O Editor do UOL Tablóide louva a força de vontade da macaca Ai Ai e lembra aos fumantes: se ela consegue, você também pode.

Gostou? Conheça também o Blog e o Fotoblog do Editor do UOL Tablóide.

Fonte: EFE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos