Cientistas espiam sexo de pandas gigantes na China

Da Redação

O voyeurismo humano não tem mesmo limites. O Editor do UOL Tablóide não se refere aos tarados que fazem plantão nas casas de tolerância por aí. A novidade no mundo dos voyeurs agora é observar o sexo dos pandas gigantes -- pelo menos na China.

Os cientistas chineses decidiram usar satélites para monitorar o comportamento sexual dos pandas gigantes, que correm risco de extinção no país.

O projeto conjunto de dois institutos de zoologia --um chinês e um norte-americano-- custará 660 mil dólares e usará GPS para observar os animais. "Segui-los com tecnologia avançada e observar suas atividades sexuais são medidas que podem nos ajudar a encontrar maneiras de evitar a extinção deles", afirmou Wei Fuwen, do Instituto de Zoologia da Academia de Ciências.

A grande preocupação dos cientistas é com a dificuldade dos pandas gigantes de produzirem filhotes. Por isso, os cientistas querem observar se está tudo bem com o pequim dos machos e com a xangai das fêmeas --quase 80 por cento das pandas fêmeas não conseguem ficar grávidas e 90 por cento dos machos são estéreis, informou uma agência de notícias.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos