Tubarões atacam pessoas por confundi-las com elefantes marinhos

Da Redação

Diabetes, hipertensão, dificuldades cardiovasculares. São inúmeros os problemas provocados pela obesidade. Especialistas em biologia marinha descobriram uma nova e terrível ameaça para os gordinhos de plantão: virar comida de tubarão.

Como assim? Eu explico.

Segundo biólogos, o aumento dos ataques de tubarões contra seres humanos em águas australianas pode ser provocado por uma trapalhada dos peixões, que confundem banhistas com elefantes marinhos.

Os elefantes marinhos que chegaram da Nova Zelândia nos últimos 20 anos se transformaram em presas freqüentes dos tubarões e podem parecer com as pessoas, disse o doutor Scoresby Shepherd, de um instituto de pesquisa do sul da Austrália.

(Nota do Editor do UOL Tablóide: parecidos com os elefantes marinhos são os parentes do doutor Shepherd)

"Temos o mesmo tamanho, quase a mesma silhueta, emitimos o mesmo campo elétrico, especialmente ao nadar perto de um grupo de focas", disse o especialista em tubarões Andrew Fox.

(Mais uma nota do Editor do UOL Tablóide: mesma silhueta que os elefantes marinhos têm os parentes do tal Andrew Fox)

O doutor Shepherd acrescentou que o outro motivo dos ataques está na extinção do número de espécies marinhas como o atum, que "diminuíram em 90% nos últimos 60 anos na Austrália, obrigando aos tubarões a buscarem alternativas, como os humanos" declarou Shepherd.

Por via das dúvidas, o Editor do UOL Tablóide vai fazer um regime básico antes de tomar um banho de mar no verão.

Fonte: EFE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos