Presos "carolas" fingem que estão rezando, dão chapéu no carcereiro e fogem

da Redação

O carcereiro da Cadeia Pública de Orlândia descobriu na própria pele o que significa a expressão "santinho do pau oco".

Doze presos muito piedosos fizeram na cela uma tenda com cobertores para, segundo eles, rezar com mais calma.

Fora do alcance da vista do carcereiro crédulo, eles serraram a grade tranqüilamente, com uma faca improvisada, e fugiram enquanto o carcereiro sonhava com os anjos.

Mas o delegado local achou a história estranha, e vai investigar se o carcereiro facilitou a fuga. Seis presos carolas já foram recapturados.

Fonte: Folha de S.Paulo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos