Por engano, homem vivo vai para a gaveta de necrotério em Portugal

Da Redação

Os meus amigos patrícios vão reclamar, mas só em Portugal mesmo para acontecer uma dessa. Depois, ainda falam que esses malucos que constroem covas com televisão, ar condicionado e geladeira para o caso de serem enterrados vivos é que são loucos!

Bom, o fato é que lá na terrinha um homem de 95 anos foi retirado de um necrotério e levado para uma unidade de cuidados intensivos após os funcionários terem ouvido sua tosse horas depois de um médico declará-lo morto.

No dia 1º de dezembro, os familiares do suposto falecido chamaram uma ambulância para levar Manuel Lino (repare na criatividade do nome) para um hospital público na cidade de Abrantes, cerca de 120 km a nordeste de Lisboa, depois que ele começou a passar mal.

Quando Lino chegou ao hospital, o médico que o examinou na ambulância disse não ter conseguido sentir seu pulso e determinou que o corpo fosse levado para o necrotério.

"Com grande dor, o deixamos lá e voltamos para casa, onde começamos a preparar o funeral", disse o enteado de Lino, João Baco.

Mas, para a surpresa de todos e alegria geral, no mesmo dia, a família recebeu um telefonema de um funcionário do serviço de emergência informando que Lino estava vivo.

O então "falecido" ainda se recuperou a tempo de deixar o hospital e passar o Natal com a família.

O Editor do UOL Tablóide espera nunca passar mal em Portugal. Mas, por precaução, também resolveu providenciar uma cova com televisão a cabo, computador conectado à Internet, geladeira com cerveja e pizza, ar condicionado, banheiro, telefone......

Fonte: AFP

Tá curtindo o final do ano em paz? Aproveite e conheça o UOL Tablog, o blog do Editor do UOL Tablóide!

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos