Falso diácono leva peças de 200 anos de igreja

Da Redação

O assunto é sério. Mas que lembra um conto do vigário, isso lembra.

No último dia 28 de dezembro, um homem de roupas pretas e camisa com gola de padre chegou à Catedral Metropolitana do Rio e identificou-se como diácono Marcos. Ele afirmou que era do seminário São José e disse ter autorização para levar duas peças para manutenção: dois castiçais de prata de mais de 200 anos.

O homem que se identificou como "diácono Marcos" não foi mais visto. Nem os castiçais, obviamente.

As peças são usadas em cerimônias religiosas há mais de 200 anos, de acordo com a polícia. A principal suspeita é de que o crime tenha sido encomendado por algum colecionador.

Fonte: Folha Online

ps - Aproveite este início de ano de puro descanso e conheça o UOL Tablog, o blog do Editor do UOL Tablóide!

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos