Pesquisa varre preconceitos e mostra que mulheres gostam, sim, de faxina

Da Redação

Não é à toa que o Editor do UOL Tablóide nutre um profundo respeito pelas pesquisas científicas. Veja a última divulgada por um canal de TV no Reino Unido. Segundo a pesquisa, a maioria das mulheres britânicas considera que as tarefas domésticas são uma terapia contra os males da alma.

A mulherada na terra da rainha não quer sujeira pro lado delas, não. Para um terço delas, as tarefas domésticas dão mais satisfação que sexo!

E não é só isso. Outros números varreram os preconceitos machistas do Editor do UOL Tablóide: seis de cada dez mulheres entrevistadas garantem que fazer faxina lhes proporciona "um sentimento de controle de suas vidas" (59%) e representa uma "terapia para o espírito" (60%), revela o estudo para o canal Discovery Home and Health, divulgado nesta segunda-feira pelo jornal "The Independent". (O Editor do UOL Tablóide aproveita para sugerir uma outra pesquisa: o que será que andam colocando nos produtos de limpeza no Reino Unido?)

Outras 58% se sentem "deprimidas, quando a casa está desordenada", e 59% afirmam que "a sujeita e a bagunça as deixam tensas". Apenas para 4% das entrevistadas arrumar a casa é uma perda de tempo. Já 57% admitem, porém, que ficam cansadas com os afazeres domésticos, levando-se em conta que 71% trabalham fora.

Fonte: AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos