Americano é indenizado após ereção de dez anos

Da Redação

Charles Lennon, um americano de 68 anos, vive numa dureza só há dez anos. Desde 1996, quando fez um implante de pênis com um equipamento de aço e plástico, ele está com o pênis ereto.

O que poderia ser o sonho de consumo de muito marmanjo é um pesadelo para o americano. Lennon não pode andar de bicicleta, usar sunga, nem abraçar seus amigos. "Não pode fazer o que uma pessoa normal faz", disse seu advogado.

Quando colocou o implante, em 1996, Lennon não estava pensando exatamente em andar de bicicleta, usar sunga ou abraçar seus amigos. O "Dura II", nome do implante que ele fez, era uma das soluções mágicas para a impotência na década de 1990, antes do lançamento do Viagra. A Dacomed Corp, companhia que fabricava o "Dura II", foi à falência com as mágicas pílulas azuis.

A mágica durou mais do que se esperava e Lennon foi à Justiça para conseguir reparação moral: a Corte Suprema de Rhode Island confirmou a indenização de 400 mil dólares. O Editor do UOL Tablóide acha que, com a bolada, Lennon deve conseguir, finalmente, sair da dureza.

Fonte: EFE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos