Editor do UOL Tablóide passeia entre o bizarro e o recorde

PEDRO CIRNE
Enviado especial a Los Angeles (EUA)

RODRIGO FLORES
Em São Paulo

ACREDITE SE QUISER

Boneco de Phineas Gage, homem que teria sobrevivido a um acidente de carro com uma barra de metal de 6,5 kg atravessada na cabeça, não perdeu a consciência, procurou ajuda sozinho e sobreviveu; mais forte que ele, só o Editor do UOL Tablóide


Um legítimo cinto de castidade da Idade Média; repare: há um coração no centro


Boneco do corajoso homem que comeu 325 ostras de uma vez; pela cara, ele parece enjoado


Este sabe o que faz: o recordista mundial da arte de engolir espadas


O Editor do UOL Tablóide tem estômago de avestruz, mas esse cara é um absurdo


Essa é aquela lá, que teve um filho com o Brad Pitt recentemente... Alguém lembra o nome?
Quando o taxista levou o Editor do UOL Tablóide a Hollywood, disse: "Se você quer ver coisas inacreditáveis, entre naquela casa; agora, se quer se divertir com recordes e mais recordes, entre naquela ali!" Bizarrice ou recordes, internauta: o que você escolheria?

Exatamente, internauta. Você iria a ambos. E foi isso que o Editor do UOL Tablóide fez: conheceu, no mesmo dia, os museus Guinness World Records (sim, o do "livro dos recordes") e Ripley's Believe It or Not! (sim, o que deu origem ao programa de TV "Acredite Se Quiser").

Os dois têm muito em comum. Apresentam uma grande variedade de dados, com ilustrações, bonecos de cera ou fotos; não há exatamente provas do que é dito lá. Acreditar ou não... É com o turista.

O Ripley's Believe It or Not! é um passeio um pouco mais sombrio. Há referências a mortes, reconstituições de acidentes em cenários com bonecos de cera e curiosidades como "na China de 1.200 antes de Cristo, um homem que fosse pego mentindo era despido e acorrentado a uma pilha de metal e vagarosamente assado sobre fogo. Uma pessoa era designada para manter o fogo quente o suficiente para torturar o malfeitor, que era solto antes de morrer."

Ou: "em 1835, na Europa, um porco foi considerado culpado pela morte de uma criança, vestido com roupas humanas e... executado".

Nem tudo é tétrico neste museu. Há curiosidades mais leves como o matemático que criou uma bicileta com rodas quadradas (!?), figuras de ilusão (você vê aqui uma jovem moça ou uma senhora idosa?), brincadeiras matemáticas (pense em um número, multiplique-o por dois...) e fotos de Robert Ripley, o homem que começou essa coleção de curiosidades, em suas viagens pelo mundo - ele teria conhecido 202 países. Há até duas fotos de Ripley ao lado de Carmen Miranda.

Há alguns curiosos ítens de um digno colecionador de raridades no museu: um biquíni de cabelo humano; um cinto de castidade da Idade Média; uma estátua criada com US$ 264 mil em notas jogadas fora pelo governo, cortadas e remontadas na figura de Marilyn Monroe; uma estátua em forma de homem criada com 8,762 botões de roupa... E por aí vai...

O "museu dos recordes" é mais iluminado e com mais atrações interativas, como máquinas de pergunta e resposta para ver até onde vai seu conhecimento dos limites humanos. Por exemplo: qual era o tamanho da mulher adulta mais baixa do mundo?

Os recordes "básicos" estão lá: o homem mais velho (que morreu aos 120 anos e 237 dias), o que se casou mais vezes (27 matrimônios, amealhando 41 filhos) etc. Ah, a reposta da pergunta feita no parágrafo acima: a holandesa Pauline Musters tinha 61 centímetros e pesava por volta de 4 kg.

Três exemplos de recordes inusitados: o monge que passou 45 anos de sua vida sentado sobre uma coluna de pedra no século 6 d.C. (não explica como ele se alimentava ou fazia suas necessidades, mas, vá lá, é um feito e tanto); o californiano Martin Henshaw, que se tornou o maior engolidor de espadas do mundo ao ingerir, simultaneamente, 14 espadas em um show em Perth (Austrália); e o francês Michel Lotito, que comeu dez bicicletas, sete aparelhos de TV, seis candelabros, um carrinho de supermercado e um avião Cessna. Acredite se quiser, apesar de este ser o nome do outro museu.

E há, é claro, um brasileiro no museu dos recordes: Pelé. Antes de prever o futuro e sair por aí avisando que tinha maus pressentimentos sobre o jogo entre Brasil e França (que resultou na eliminação brasileira da Copa do Mundo, como você bem deve se lembrar), Pelé foi um grande jogador de futebol, autor de 1.279 gols. E sua foto está lá, ao lado da de gente como o tenista sueco Björn Borg e o boxeador norte-americano Muhammad Ali.

O ingresso do Guinness World Records também dá direito ao Hollywood Wax Museum, o museu de cera de Hollywood, que fica do outro lado da rua. Este passeio também é bem divertido, ainda que não traga informações preciosas como a de que o simpático cão Rin Tin Tin recebia 8.000 cartas por mês, isto é, mais cartas do que eu e você recebemos a vida inteira, somadas e multiplicadas por dez. E olha que ele, apesar de muitíssimo esperto, era analfabeto.

Mas isso não importa. O que vale é que eles estão lá, olhando para você e esperando para serem fotografados: de Batman a Bruxa Má do Oeste, de Han Solo a Hannibal Lecter, de Conan a Mulher-Maravilha, do James Bond Sean Connery ao James Bond Pierce Brosnan, com o Austin Powers ali entre deles.

Fim de história, internauta. Aqui estão três curiosos passeios na angelical Los Angeles, cidade que neste final de semana recebe o Miss Universo 2006. Para quem quer mais informações, os endereços e telefones dos museus aqui citados são:
Guinness World Records - 6764 Hollywood Blvd., Los Angeles (EUA); tel.: 00 xx 1-323-43-6433
Hollywood Wax Museum - 6767 Hollywood Blvd., Los Angeles (EUA); tel.: 00 xx 1-323-462-5991
Ripley's Believe It or Not! - 6780 Hollywood Blvd., Los Angeles (EUA); tel.: 00 xx 1-323-466-6335

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos