O Editor do UOL Tablóide em um estúdio de cinema: Oscar ou Framboesa de Ouro?

PEDRO CIRNE
Enviado especial a San Diego (EUA)

RODRIGO FLORES
Em São Paulo

LUZ, CÂMERA, AÇÃO!

A lanchonete dos Flintstones



Uma criança feliz e um Shrek sorridente



Entrada para Van Helsing - Fortress Dracula



Uma fonte meio estranha no Van Helsing - Fortress Dracula


Chamei esse cara aí para a briga, mas ele nem se mexeu


Ai, Marylin...


Destroços do avião usado para uma das primeiras cenas de "Guerra dos Mundos", de Steven Spielberg
Há dias em que a nossa vida parece um filme. Não necessariamente bom, mas isso não vem ao caso. Transformar vida num filme, entretanto, é complicado. Antes de tudo você precisa ter vivido algo remotamente diferente. Depois, precisa convencer um produtor, um roteirista, um diretor etc. Definitivamente, dá muito trabalho. É por isso que o Editor do UOL Tablóide contentou-se com... uma visita aos estúdios da Universal em Hollywood.

A Universal já fez grandes filmes. Alguns, eu diria, inesquecíveis, como "Spartacus". Mas fez mais do que filmes: abriu seu estúdio localizado em Hollywood para visitas e criou um grande parque temático relacionado a... cinema, claro. E é para lá que o Editor do UOL Tablóide foi afogar suas mágoas, ciente de que sua vida não daria nem mesmo como tema para uma redação de quarta série, que dirá um longa-metragem.

Música, maestro
O parque, uma primeira olhada revela, é colorido e cheio de música, lojas, turistas (claro!) e atrações. E os quatro merecem uma observação.

Mais ou menos no centro do parque há um palco. O show pode ser de uma Marilyn Monroe cover cantando "Diamonds Are A Girl's Best Friend" ou um animado blues de Joliet Jake Blues e Elwood Blues, os personagens principais do filme "Os Irmãos Cara-de-Pau" ("The Blue Brothers", no original).

Mesmo se você estiver longe do palco você estará ouvindo música. As lanchonetes, as barracas de brinquedos, as lojas... Sem você perceber, elas estão lá, ao seu lado, tocando. Você só se dá conta disso quando está andando e pensa de repente: "é impressão minha ou a música mudou de uma hora para a outra?".

As lojas oferecem camisetas, bonés, bonequinhos, gibis, fotos de artistas, etc... Se você tem tempo e não está preocupado com gastar em dólar, é uma opção. Senão, você pode sentar para descansar e curtir uma atração involuntária: aqueles que, como você, são turistas.

Há de se reparar, por exemplo, em pessoas que estão tirando fotos e atrapalhando, sem querer, outras pessoas que estão tirando fotos. Depois, todas se desculpam entre si, atrapalhando assim uma nova leva de pessoas que chegou para tirar fotos. Aí todas desistem e ninguém fotografa o lugar. Que era muito bonito, aliás.

E há as crianças de cinco anos implorando para entrarem em uma atração, depois chorando a dois passos da entrada porque mudaram de idéia. Na mesma linha, há os adolescentes reclamando mais escandalosamente que uma criança de cinco anos por um motivo que só eles entendem, e a cara de desânimo dos pais tentando compreendê-los.

Também são dignas de nota as lindas mulheres que estão caminhando distraídas e olham em sua direção. Aí elas viram o rosto imediatamente, como se tivessem visto algo um pouco mais feio do que a Morte de cavanhaque vomitando copiosamente um prato de abacate batido com leite e buchada de bode. É nessa hora que você decide parar de olhar para as atrações involuntárias e visitar as que foram construídas para te entreter.

Exterminador do Futuro
Van Helsing - Fortress Dracula é um passeio divertido. São dez minutos caminhando dentro de um "castelo" escuro, apertado, com decoração tétrica e que tem mecanismos e atores fantasiados e escondidos para assustar o caminhante menos atento - na verdade até os mais atentos acabam pegos desprevenidos e soltando uns gritinhos involuntários. Não que isso tenha acontecido com o Editor do UOL Tablóide, claro.

O passeio mais conhecido do Universal Studios Hollywood é uma espécie de trenzinho que, em uma volta de 45 minutos, leva o turista ao hotel Bates (de "Psicose"); a Amity Island (de "Tubarão"), onde um tubarão mecânico vai sair da água tentando te dar um susto, mas conseguindo apenas te dar um banho; e a outros sets de filmagem, como o utilizado por Steven Spielberg em uma das primeiras cenas de "Guerra dos Mundos", em que o personagem de Tom Cruise encontra restos de um avião destruído. Os destroços do avião ainda estão lá, para deleite dos visitantes e suas máquinas fotográficas.

A atração mais divertida para este quase humilde editor é Terminator 2: 3D. O espectador coloca óculos para imagens em três dimensões e assiste a uma espécie de continuação de "O Exterminador do Futuro 2" que dura 30 minutos. Parte do espetáculo se passa nas telas e é vivido pelos atores do filme, inclusive o hoje governador Arnold "Hasta La Vista Baby" Schwarzenegger. Outra parte acontece no palco, com atores representando os mesmos personagens, com as vozes dubladas pelo elenco original. E entre explosões, efeitos de fumaça, cenas em que o vilão sai da tela e chega a centímetros de quem está assistindo, o resultado é... bem bacana. (Você acha que eu seria louco de falar mal de uma atração envolvendo o Schwarzenegger? Olha o tamanho do cara...)

Filmes, bons ou ruins, costumam ter seqüências (alguns até demais, diriam aqueles que temem ansiosamente pela estréia de "Rocky 6"). Este artigo, cedo ou tarde, também pode ter uma continuação... Nos melhores cinemas e locadores de sua cidade. Aguarde.

ps - Se você se interessou pelo Universal Studios Hollywood, o endereço é: 100 Universal City Plaza, Universal City, Los Angeles

UOL Busca - Veja o que já foi publicado com a(s) palavra(s)

  • Marilyn Monroe
  • Tom Cruise
  • Receba notícias do UOL. É grátis!

    Facebook Messenger

    As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

    Começar agora

    Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

    UOL Cursos Online

    Todos os cursos