Pica-pau e massagem retal: é a ciência que avança

Da Redação

O leitor talvez não se lembre, mas um dos hobbies do editor do UOL Tablóide é divulgar os avanços da ciência.

Hoje (5/10), mais uma vez, o mundo pôde respirar mais aliviado. Nossos pares cientistas reconheceram o esforço de homens e mulheres que superaram grandes questões existenciais da humanidade. Hoje o mundo conheceu os vencedores de 2006 do Prêmio IgNóbil.

Vamos aos fatos: Ivan Schwab, da Universidade da Califórnia Davis, e Philip May, da Universidade da Califórnia Los Angeles, foram premiados com o IgNóbil de Ornitologia por seu trabalho pioneiro sobre a capacidade dos pica-paus em evitar dores de cabeça mesmo passando o dia batendo o bico no tronco de árvores à procura de besouros.

Como uma coisa leva a outra, os senhores Wasmia al-Huty, da Universidade do Kuwait, e Faten al-Mussalam, da Autoridade Pública do Kuwait para o Meio Ambiente, também foram reconhecidos com o IgNóbil de Nutrição por mostrarem que besouros -- esses comedores de estrume -- são na verdade muito exigentes na escolha de sua refeição.

Seguindo o raciocínio, mais um IgNóbil divulgado hoje: valorosos pesquisadores debruçaram-se sobre o papel da massagem retal na cura do soluço.

Quer saber mais sobre o prêmio tabloidesco que aproveita a onda dos Nobels da semana para tirar uma dos cientistas? A fonte é a AFP.

Agora o editor do UOL Tablóide, que é um cara sério, vai estudar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos