Mulher mata gato do namorado na máquina de lavar após briga

da Redação

Um pobre gato morreu vítima de um crime passional no País de Gales.

Diane Hannon matou o bichano de seu namorado colocando-o em uma máquina de lavar roupas. E ligando a máquina em seguida.

Ela foi condenada nesta segunda-feira e está proibida de ter animais de estimação pelo resto da vida. A bicharada agradece.

Ela, que diz sofrer de depressão, cometeu a atrocidade depois de uma briga. O bicho, que tinha seis anos de idade e era surdo, morreu de ataque cardíaco.

Como já dizia a minha tia Izildinha, "dentro da máquina de lavar roupa, todos os gatos são pardos".

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos