Cobra engole marido no Paraguai, diz mulher; será!?

da Redação

Uma mulher denunciou que seu marido foi devorado por uma cobra de dez metros na cidade paraguaia de Concepción. Mas a polícia local achou a história muito estranha e acha que pode ter um crime conjugal na história.

A refeição da "curiyú" teria acontecido quando a família subia o rio Paraguai de canoa. Segundo Maria Estela, o ofídio abocanhou sua cara-metade e comeu-a quase instantaneamente, assim como se fosse um lamen.

O fato teria sido presenciado por ela, seus três filhos e dois funcionários de um sítio. Os camponeses teriam matado o réptil escamado logo em seguida, antes mesmo que ele pudesse jiboiar depois do lauto repasto. O corpo do marido teria sido recuperado, em pedaços.

Mas a polícia, que é cobra nesses assuntos, está achando a história muito estranha. Eles cobraram da viúva que ela mostrasse os restos do corpo do marido, mas até agora os suspeitos, literalmente, mataram a cobra e NÃO mostraram nada -nem o pau, nem a própria cobra.

Um policial disse que está achando que pode existir algum crime serpenteando na história. A tia Izildinha, que é cobra criada, também achou a história muito peçonhenta.

Fonte: Ansa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos