Homem ciumento prende mulher em casa por dois anos porque ela era "alegre demais"

da Redação

A polícia italiana trancafiou um marido ciumento porque ele forçou sua jovem mulher a ficar trancada em casa por dois anos. Segundo ele, ela era "alegre demais" para poder sair.

O imigrante egípcio Emad Zied, 31, disse a um jornal que, se ele deixasse Rasha (é, é isso mesmo!), 20, sair, "ninguém sabe o que poderia ter acontecido".

A moça foi resgatada pela polícia e por bombeiros, que arrombaram a porta do apartamento deles em Crema, depois de uma denúncia.

De acordo com o jornal, Rasha raramente via a luz do sol, e só saía com a escolta do marido. Zied (que, para o Editor do UOL Tablóide, não passa de um Zied Manéd) foi preso por suspeita de seqüestro.

A tia Izildinha "rashou" de rir com a história e lembrou-se daqueles versos de Chico Buarque em "Deixe a Menina": "por trás de um homem triste há sempre uma mulher feliz / e atrás dessa mulher mil homens sempre tão gentis".

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos