Desenganado, homem torra sua grana, endivida-se, mas... não morre

John foi diagnosticado com câncer no pâncreas e soube que teria pouco tempo de vida. Não pestanejou: pegou suas economias e começou a torrar tudo em jantares, férias, luxos e caprichos.

Mas... ele acabou não morrendo. Não tão rápido como imaginava, pelo menos. Agora, quer uma indenização do hospital que o desenganou, digo, que o enganou. O hospital disse que fez o que tinha de ser feito e que, se John não morreu, não é culpa deles.

"Estou muito contente de ter tido uma segunda chance na vida... mas se você não tem nenhum dinheiro depois de tudo isso, o que é minha culpa --eu gastei tudo-- eles deveriam me pagar alguma coisa.", disse John. Caso não consiga nada pela via judicial, ele já decidiu: vai vender sua casa para pagar suas dívidas e poder morrer, digo, viver sossegado.

O Editor do UOL Tablóide ficou muito comovido com a história de John. Ele concorda com a tia Izildinha, que sempre diz: "a vida é muito curta para a gente tomar cerveja barata".

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos