O uso da burca desvitamina a mulher, diz pesquisa

Editor do UOL Tablóide

Religião, política e ciência, o editor do UOL Tablóide não discute. Só acompanha. Mas reconhece que, por vezes, que esses assuntos associam-se de forma curiosa.

Por isso, ele relata o que a agência noticiosa Ansa fez saber ao mundo hoje (26/6).

Segundo nota assinada pelo escritório de Nova York, o debate político-religioso a respeito do uso do véu islâmico ganhou um ingrediente científico: o uso constante de burca pelas mulheres pode provocar deficiência de vitamina D, anunciou um estudo publicado no último número da "American Journal of Clinical Nutrition".

Segundo os pesquisadores, o hábito de cobrir todo o corpo com panos reduz a exposição da pele ao sol e, com isso, provoca uma queda nas taxas de vitamina D no organismo. Seria indicado, nesse caso, recorrer a doses maiores de vitamina.

"Quando a exposição ao sol, a maior fonte de vitamina D para o ser humano, é limitada, são necessárias doses muito mais altas de suplementos vitamínicos, sobretudo para as mulheres que amamentam", explicou Hussein Saadi, especialista em medicina que liderou o estudo com outros pesquisadores da United Arab Emirates University em colaboração com o Cincinnati Children's Medical Center.

Saadi estudou os níveis de vitamina D em 90 mulheres durante a amamentação e 88 mulheres sem filhos, muitas delas com o hábito de vestir a burca para sair na rua. Apenas duas mulheres em cada grupo não apresentaram a vitamina em taxas abaixo do recomendado.

Os cientistas então ofereceram às mulheres doses diárias de vitamina D por três meses. Nos dois grupos, a taxa no organismo aumentou, mas chegou a níveis adequados apenas em uma de cada três mulheres estudadas.

A conclusão dos pesquisadores é que as mulheres com burca necessitam de doses maiores de suplementos vitamínicos. Seria recomendável também que elas ficassem expostas ao sol ao menos por alguns minutos por dia.

Há quatro anos, uma pesquisa semelhante associava o uso da burca à falta de vitamina D e, por conseqüência, a um risco de osteoporose mais alto.

Fonte: Ansa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos