No ranking do sexo, o grego fica por cima

Editor do UOL Tablóide

O problema da estatística é o seguinte: se um cidadão come um frango inteiro - e tem indigestão - e o outro não come nada - e passa fome -, estatisticamente os dois comeram meio frango e ainda tomaram uma taça de vinho para comemorar o almoço cordial.

Dito isto, vamos aos dados: 1) o Harris Interactive é especializado em estatísticas; 2) o Harris Interactive fez um levantamento em 26 países, entrevistando mais de 26.000 pessoas; 3) o Harris Interactive chegou a conclusões incríveis sobre a vida sexual do planeta.

Agora, vamos aos resultados: 1) os gregos são os campeões do sexo, com uma média de 164 relações sexuais por ano; 2) os brasileiros ficaram em segundo, com 145; 3) poloneses e russos dividiram amigavelmente a medalha de bronze, com 143 relações.

Apesar de andarem pelo mundo com suas câmeras de turista, os japoneses aparecem mal na foto. Segundo o estudo, eles são os menos ativos, só fazem sexo 48 vezes por ano em média.

O Editor do UOL Tablóide, que reconhece a importância do bom desempenho sexual para a auto-estima da nação, lamenta apenas que, no Brasil, uns tenham tanto, enquanto outros, como ele, tenham tão pouco.

Fonte: AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos