Homem acorda durante a própria autópsia na Venezuela

da Redação

Um venezuelano que havia sido declarado morto acordou no necrotério durante a própria autópsia, quase matando de susto os médicos legistas.

Carlos Camejo, 33, foi declarado morto após um acidente em uma estrada. Levado ao necrotério, seu corpo foi submetido à autópsia.

Tudo ia muito bem até que Camejo começou a sangrar. Os médicos acharam estranho e começaram a costurar o sangramento em seu rosto.

Foi nesse momento que eles descobriram que a autópsia era na verdade uma biópsia. O cadáver (?) começou a gritar.

"Eu acordei porque a dor era insuportável", disse Camejo a um jornal local.

A mulher de Camejo foi ao necrotério para identificar o corpo do maridão e, ao chegar lá, viu-o andando em um corredor.

A tia Izildinha achou essa história de matar. De matar de rir.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos