25 teses mais ou menos sérias sobre a série '24 Horas'

Haroldo Ceravolo Sereza | Editor da home page do UOL

1) Em '24 Horas', o terror é dialético. Sem o apoio das informações de "traidores" e "infiltrados", os terroristas não poderiam ser tão ousados. Sem o terrorismo, Jack Bauer e colegas não teriam emprego.

2) Quanto mais perigoso o ataque terrorista, mais perigoso fica Jack Bauer. Quanto mais perigoso Jack Bauer, maior o risco de uma catástrofe.

3) Palmer é o presidente corajoso que comete as maiores atrocidades. Logan é o presidente covarde que comete as mesmas atrocidades. O que nos faz torcer pelo primeiro?

4) A propaganda que Kiefer Sutherland fez no Brasil radicaliza o clima de '24 Horas'. Dentro do carro, Sutherland-Bauer é capaz de manter a tranqüilidade. Mas não pode abrir a porta.

5) Bauer é um herói derrotado. Trabalha com a convicção de que seu esforço apenas adiará a tragédia - mas sabe que nunca vai conseguir evitá-la completamente.

6) A principal personagem de '24 Horas' é a informação: é por ela que todos, terroristas e agentes, se mobilizam.

7) '24 Horas' é uma série didática. Ela nos ensina não o que o Estado faz, mas o que o Estado pode, se quiser, fazer. Nossa sorte é que o Estado, para horror do neoliberalismo, é preguiçoso.

8) '24 Horas' nos ensina também que somos muito improdutivos. Temos o mal hábito de dormir entre um dia e outro. Jack Bauer nunca dorme, no máximo toma café da manhã.

9) Há bons e maus árabes na série. Em geral, todos se dão mal.

10) A família e os inocentes são os valores que Bauer e seus amigos defendem. Nem que, para isso, seja necessário torturar e assassinar inocentes e familiares.

11) Numa temporada, Bauer estraga um abajur para dar choques elétricos no ex-marido da namorada. E depois dizem que Freud não explica nada.

12) Se os roteiristas de '24 Horas' fizessem terroristas menos megalomaníacos, eles teriam causado muito mais estrago.

13) Ninguém respeita a hierarquia na CTU. Todos conspiram contra todos.

14) Na CTU, as possibilidades de ascensão são enormes. Em um dia, pode-se ir de estagiário a diretor, passando pelo cargo de conspirador.

15) Assim como a boca de Mônica Waldvogel parece estar sempre sorrindo, mesmo quando ela noticia uma tragédia, a boca de Sutherland está sempre para baixo, mesmo quando fazem cócegas nos seus pés.

16) Viciado em heroína por necessidade, Jack Bauer tem crises de abstinência apenas quando o horário permite.

17) Na CTU, não apenas os funcionários são corrompidos: até os arquivos são corrompidos e manipuláveis.

18) Até mesmo funcionários altamente especializados em lidar com com esses arquivos corrompidos, como a loira Chloe, precisam pegar em armas.

19) Em '24 Horas', todos são nerds e todos entendem os computadores. Mesmo os agentes de campo são especialistas em computação.

20) É sempre possível mudar de lado, do terror para a repressão. E da repressão para o terror. Basta uma motivação pessoal ou familiar. Ou uma boa sessão de tortura.

21) Tudo muda de uma temporada para a outra em '24 Horas'. Menos o modelo dos aparelhos de telefonia fixa da CTU.

22) Todos os celulares estão grampeados. Mas há sempre uma linha "segura" disponível.

23) Nunca sobra tempo para o mocinho Jack Bauer namorar. Quanto mais para fazer sexo.

24) Um episódio de '24 Horas' tem de ocorrer no fim do horário de verão. Para ele ter 25 horas.

25) Esta observação fica para quando a idéia do item 24 se concretizar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos