Impedido de voar com garrafa, alemão bebe litro de vodca de uma só vez e acaba no hospital

da Redação

Impedido de embarcar em um avião sobraçando uma garrafa de vodca, um passageiro alemão de 64 anos bebeu todo o conteúdo do litro de uma vez só... e foi parar no hospital.

Por questões de privacidade, o jornal alemão 'Bild', que publicou a notícia nesta quinta-feira (13), não revelou a identidade do homem, que vinha do Egito. Ao tentar embarcar de Nuremberg rumo a Dresden, ele foi barrado pelas autoridades aeroportuárias porque levava um litrão de vodca na bagagem de mão.

Folha Imagem
O Editor do UOL Tablóide adverte: se for dirigir, não beba; e se for beber, me avise!
Os agentes sugeriram que o homem despachasse (no sentido literal) a bebida, mas ele não quis se separar da garrafa.

Visivelmente irritado, o homem bebeu toda a vodca na frente das autoridades, que chamaram imediatamente uma ambulância.

De acordo com o jornal, o beberrão teve uma intoxicação, mas encontra-se fora de perigo.

Pesquisa divulgada pelo Instituto de Dresden em novembro mostrou que, na União Européia, os alemães são os mais resistentes ao consumo de álcool, com uma média anual de consumo de 20 litros por pessoa. Por ano, bem entendido. Continuando nesse ritmo, nosso amigo chegaria aos espetaculares 365 litros anuais, um pouco acima da média.

O Editor do UOL Tablóide não conseguiu deixar de se lembrar dos versos do poeta russo Maiakovski: "Melhor morrer de vodca do que de tédio". Mas a Tia Izildinha ponderou que tudo tem limites e que o álcool deve ser consumido com bom senso e moderação, mesmo durante uma briga no aeroporto.

Com informações da Ansa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos