"Às vezes não dá para ter presentes caídos do céu", diz ministro da Defesa de país que recebeu, por engano, pedaços de mísseis nucleares

da Redação

A notícia é séria: "Estados Unidos enviam peças de mísseis por engano". Texto da edição de ontem (26 de março) da Folha de S.Paulo dizia que "Os Estados Unidos enviaram quatro detonadores de mísseis nucleares para Taiwan, no lugar de baterias para helicópteros. O erro ocorreu há um ano e meio, mas foi descoberto na semana passada, admitiu o Pentágono ontem."

(O Editor do UOL Tablóide, que não é tão sério, resolveu comentá-la em seu blog.)

Em sessão do Parlamento de Taiwan, o deputado nacionalista Lin Yu-fang perguntou ao ministro da Defesa do país, Tsai Ming-hsien, se as peças haviam sido examinadas pelo Instituto Chung-San de Ciência e Tecnologia, centro de pesquisas da indústria bélica. "Até onde eu sei, não", respondeu o ministro.

Para Lin, isso seria o equivalente a olhar os dentes de um cavalo dado. Taiwan já desenvolveu várias armas por conta própria, muitas vezes com ajuda dos EUA, porque muitos países se negam a vender armas à ilha devido à pressão da China continental.

"Às vezes não dá para ter presentes caídos do céu", replicou o ministro.

O sempre ponderado Editor do UOL Tablóide acredita que, se o presente em questão for um míssil nuclear, é melhor que eles, de fato, não caiam do céu.

  • Leia a íntegra da matéria
  • Receba notícias do UOL. É grátis!

    Facebook Messenger

    As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

    Começar agora

    Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

    UOL Cursos Online

    Todos os cursos