Em tópicos, o que fará o Editor lembrar-se sempre do Vietnã

Haroldo Ceravolo Sereza
De Nha Trang (Vietnã)
Pedro Cirne
Em São Paulo

No seu último dia no Vietnã, o Editor do UOL Tablóide pensou em fazer uma síntese geral da história e das mudanças culturais, científicas, econômicas e sociais por que passou o Vietnã nos últimos 150 anos, em dois volumes.

Mas ficou com medo de perder o avião.

  • UOL

    Dá para fazer tudo durante o dia, inclusive cortar os cabelos (ou não)

  • UOL

    Um cavalo marinho, único veículo que o Editor não usou no Vietnã

Então, em alguns tópicos, ele vai dizer o que vai fazer dessa viagem ao país que abrigou o Miss Universo 2008 inesquecível.

Comida - as sopas, de carne, frango e até ouriço-do-mar, foram o ponto alto da gastronomia local. Não deu tempo de comer sopa de cobra, o que o Editor não sabe se é o caso de lamentar ou de agradecer. Em cada esquina de Ho Chi Minh, mas também de Nha Trang, era possível comer algo cheio de sabor. Uma fruta que o Editor nunca vai saber o nome, um milho assado, uma banana caramelada enrolada num pedaço de jornal.

A confusão - o inglês com estilo vietnamita deixa qualquer um que não o fale maluco. Especialmente porque há níveis muito diferentes de domínio da língua com quem é necessário travar contato. Em geral, ele vai do nenhum ao muito pouco, ficando, na média, no quase nenhum. Mas note que não estamos falando do inglês, mas do inglês vietnamita. Claro que há exceções, assim como havia alguns poucos vietnamitas que falavam muito bem o francês.

As motos - o mundo das bicicletas e das motocicletas é bastante simpático por aqui, uma lição para cidades que encaram o trânsito como algo necessariamente estressante, como São Paulo. Em Nha Trang, o Editor alugou uma bicicleta e saiu por aí. Em Ho Chi Minh, andou de riquixá. Uma delícia. Nas duas cidades, ele pegou mototáxi - em Nha Trang, menos poluída, foi uma experiência especialmente prazerosa.

As misses, claro - a cobertura do Miss Universo é uma beleza, e isso é ululante. Não é todo mundo que tem essa sorte. O Editor apenas lamenta a ausência de Donald Trump, dono da festa, no evento. Seu filho foi jurado, é verdade, e Donald Trump Jr. até tem uma cabeleira, mas não um topete. Se pudesse, o Editor demitiria os dois e contratava aquele rapaz, como é mesmo o nome dele? Ah, Roberto Justus.

Simpatia e irritação - os vietnamitas são simpáticos demais com os turistas. Às vezes, demais mesmo. E sabem usar a confusão lingüística na hora de negociar os preços. Tem hora que isso cansa, mas tem vezes em que isso é engraçado. Mesmo que você saia no preju. Algo que irrita um pouco é assédio quando você sai à pé. Todo mototáxi que passa (e são muitos) se oferece para fazer uma corrida; você não aceita, ele oferece acesso a garotas; você não aceita e alguns deles ainda oferecem algo como maconha, por exemplo, você não aceita, ele recomeça, andando em baixa velocidade ao seu lado. Nessas horas, tem de deixar o cara falando sozinho mesmo (ou alugar uma bicicleta, aí ninguém te aborda).

Café expresso - como viveria a Sub da Sub no Vietnã? Certamente não seria nada fácil. Há pouco cafés que servem expressos tanto em Ho Chi Minh quanto em Nha Trang (na cidade da praia, o Editor achou só um lugar que tinha a bebida). Mas o expresso do Caffé Molinari, no prédio da PetroVietnam em Ho Chi Minh, valeu a pena.

A Internet - o Editor não sabe se foi azar ou se é assim mesmo, mas ele não deu sorte com a Internet no Vietnã. Tudo era muito lento, mesmo em lan houses com boa aparência. Mas, no fim, deu para o gasto e ele não teve de usar o telex (jovens, vocês não sabem o que é isso? Sério?).

Camisetas de Ho Chi Minh - a estrela pop do Vietnã é o líder de sua guerra anticolonial, uma guerra da qual os vietnamitas muito se orgulham. Aqui, Che Guevara é apenas uma segunda opção na estamparia das camisetas.

Os encontros - depois de encontrar o Bozó no hotel, num passeio de barco o Editor do UOL Tablóide encontrou o embaixador da Venezuela em Hanói, ainda antes do concurso das misses. "Escreve lá, a vencedora é a Miss Venezuela". Não deu outra, ELE JÁ SABIA! Mas o Editor não confiou no palpite do amigo diplomático e se deu mal.

O dia - o Sol no Vietnã nasce muito cedo, as coisas começam a funcionar muito cedo e o fuso horário ajuda a acordar cedo também. Isso torna os dias extremamente produtivos para o viajante, que tem tempo para tudo. Tudo bem que, às vezes, você acorda às três da manhã sem ter o que fazer. Daí o Editor batucava uns textinhos, fazer o quê?

O Editor lista, aqui, todas as matérias que escreveu do Vietnã:

- Miss Venezuela rezou para todos os santos, enquanto a coroa não vinha
- Venezuelana Dayana Mendoza é eleita Miss Universo 2008
- Muitas misses, duas Nat(h)álias e uma noite inesquecível para o Editor do UOL Tablóide
- Editor do UOL Tablóide, que entende do belo, pondera sobre as belas reproduções de quadros no Vietnã
- O último ensaio das misses. E o cara que sabe tudo, num só dia em Nha Trang, a Votuporanga do mundo
- País se orgulha da vitória, mas a guerra é mesmo coisa do passado
- "Chêt Lúc Nua Dêm" parece Zé do Caixão, mas se passa em "Saigão"
- Ho Chi Minh, a capital mundial dos motoboys
- Miss Universo também é um papo K.Beça, mostra o Editor do UOL Tablóide, direto de Paris

Ele também convida você, internauta, a comentar no Tablog o que achou da cobertura do Miss Universo. Valeu!

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos