Academia de ginástica usa seres humanos como "pesos vivos"

Do UOL Tablóide Em São Paulo

OS "PESOS VIVOS"

  • Stephen Hird/Reuters

    "Pesos vivos" posam para fotos

  • Stephen Hird/Reuters

    Instrutor da academia exercita-se usando "peso vivo" em Londres

Sabe aquela história de "mulher-objeto", quando a mocinha é uma gata, ou "homem-objeto", quando o rapaz é um pão? Então, uma academia britânica resolveu levar esses conceitos a sério e criou o conceitos dos "seres-humanos-pesos-para-musculação".

Funciona assim - pelo menos, por enquanto: o aluno da academia vai lá para malhar e, em vez de ficar levantando halteres e pesos, levanta seres humanos, devidamente vestidos com uniformes pretos e números em amarelo que indicam seu peso.

Mike Edwards, por exemplo, é um "peso humano" de 55 quilos - ou seja, é bem mais fácil de ser levantado do que Matt Bernard, de 37 anos, e seus 155 quilos.

O Editor do UOL Tabloide queria muito ir pessoalmente à tal academia ver como é exercitar-se com "pesos vivos". Como Londres fica um pouco longe de São Paulo, teve que se contentar com o relato da jornalista Charlotte Martin, do jornal britânico "The Sun".

No relato em seu blog, Charlotte Martin diz que a melhor parte de fazer exercícios com "pesos vivos" é ouvir gritos de incentivo, como "You can do it!" (você pode!, você consegue!).

Cá entre nós: será que fazer força ao som de alguém, ainda que bem intencionado, gritando no seu ouvido... Será que é realmente uma boa ideia?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos