Policial muçulmano processa chefe que o comparou a Bin Laden

Do UOL Tabloide* Em São Paulo

  • Reprodução/Mail Online

    Tariq Dost (foto) foi comparado a Bin Laden por causa de sua longa barba... E não gostou muito!

Tariq Dost, um oficial de polícia muçulmano da Inglaterra, está processando a polícia de West Midland e as autoridades policiais por discriminação racial e religiosa, segundo o "Daily Mail".

Seu chefe disse que ele se parece com Osama Bin Laden - Dost ostenta uma longa barba. Dost ainda acusa seu gerente Darren Yates de ter feito muitos comentários discriminatórios baseados em sua origem, crença e religião.

Ele também disse que Yates se referiu às orações muçulmanas como "gemidos e gritos" quando Dost pediu para ir até uma mesquita durante o expediente.

Dost reclamou com seus superiores sobre os incidentes e Yates foi considerado culpado por fazer comentários inapropriados e ofensivos. Foi dada uma advertência escrita por sua conduta.

Dost também teve um processo disciplinar instaurado contra ele por fazer comentários sobre o desempenho sexual de Yates. Ele negou as acusações e disse que eram "absurdas".

O policial muçulmano disse que foi tratado de forma diferente de seu chefe durante a investigação interna porque não era "branco" ou "cristão".

Dost ainda alegou que foi deslocado de sua posição em 2008, como resultado da investigação, enquanto Yates foi reintegrado em sua posição original com todas as responsabilidades.

*Com informações do Daily Mail Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos