Homem se faz passar pelo irmão gêmeo para ter relação sexual com mulher

Do UOL Tabloide* Em São Paulo

Um policial de Connecticut, EUA, se fez passar por seu irmão gêmeo para ter relação sexual com uma mulher, mas foi identificado pela ausência de uma tatuagem e acusado de violação, disse a imprensa local.

Segundo o jornal "The Advocate", Connecticut, o agente Jared Rohring, 25 anos, foi destituido no mês passado e será processado pela mulher.

A suposta vítima assegura que ela pensava ter um encontro com Joe Rohring, irmão gêmeo idêntico a Jared, com quem tinha relações há vários meses.

O homem a recebeu na banheira de casa e ela aceitou subir ao quarto, mas enquanto tinham relação sexual, a mulher notou que faltava algo: o caubói tatuado na nádega esquerda de Joe havia desaparecido.

Após a denúncia da mulher, Jared Rohring se entregou à polícia, que segue investigando o caso.

* Com informações da AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos