Pastor sueco dorme durante atendimento a suicida desesperado

Do UOL Tabloide*

Em São Paulo

Um homem que pretendia cometer suicídio ligou para o serviço de emergência sueco por volta das 2 horas da madrugada da última sexta-feira (9) afirmando que estava "psicologicamente instável".  Ele procurava o incentivo de um pastor da Igreja da Suécia. No entanto, após cinco minutos de ligação, o homem desesperado de 44 anos notou que estava falando sozinho ao ouvir um ronco do outro lado da linha.

"Imaginei que ele talvez estivesse fazendo anotações, então perguntei: 'Você está anotando o que eu falo?'", disse o homem a um jornal local. "Eu pude ouvir sua respiração pesada antes dele acordar", acrescentou.

De acordo com o homem, ele esperou alguns minutos sem receber resposta do pastor. O homem ficou irritado com o mau atendimento, mas abandonou os pensamentos suicidas.

Monica Eckerdal Kjellstroem, responsável pelo trabalho dos pastores da Igreja da Suécia, disse que esta não é a primeira vez que um pastor dorme durante um atendimento. "Isso não deveria acontecer, mas às vezes as pessoas ligam e relatam que os pastores caíram no sono", disse. Kjellstroem prometeu no futuro demitir quem não estiver acordado durante o atendimento.

* Com informações do Telegraph


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos