Prisioneiro pede para alimentar cãozinho de estimação, e juiz o libera

Do UOL Tabloide

Em São Paulo

Um juiz do Reino Unido libertou temporariamente um homem que estava preso preventivamente por suspeita de roubo. O motivo? Daniel Reaney alegou que tinha de ir para casa para cuidar de Vinnie, seu cachorro da raça bull terrier.

David Pugsley, o juiz, liberou o homem depois de ouvir que o cachorro era "como uma criança" para o ladrão.

"Ele é lindo, é como um filho para mim. Tive que arranjar alguém para ir para alimentá-lo, mas preciso vê-lo. Sei que provavelmente serei preso, mas eu transformei minha vida. Tenho feito trabalho voluntário", afirmou Reaney em videoconferência direto da prisão.

O procurador Paul Spratt se opôs, mas o juiz resolveu soltar o ladrão até sexta-feira. "Estou quebrando todas as convenções, mas vou lhe conceder fiança até sexta-feira. Se você não aparecer, vou te mandar para a prisão por violar o direito à fiança. Mas eu acredito que você vai estar aqui", relatou.

"Sou grato ao tribunal por me dar tempo para fazer os arranjos para Vinnie", disse Reaney ao jornal "The Sun".

Ele será condenado por um roubo realizado em dezembro e também admitiu a manipulação de bens roubados e quatro acusações de fraude.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos