Prisioneiro faz arma de tatuagem com console de videogame

Do UOL Tabloide*

Em São Paulo

Um prisioneiro foi pego oferecendo tatuagens em um centro de detenção - usando uma máquina que ele montou usando um PlayStation.

O detento desmontou o console e ligou seu motor a uma caneta esferográfica com ponta afiada para conduzir a tinta na pele.

Sua engenhoca caseira foi apreendida junto com uma revista de tatuagem em seu quarto em um centro de imigração para presos perto de Gatwick, West Sussex (Reino Unido).

Fontes afirmam que ele cobrava de outros detentos para usar a máquina, o que a administração do local não confirma. "Quando era ligada, ela se movia para cima e para baixo como uma arma de tatuagem real. Mas você teria que ser muito ousado para querer uma tatuagem de uma máquina como essa", disse uma fonte da prisão.

O aparelho foi apreendido durante uma verificação rotineira de quartos. "Nenhuma ação foi tomada ainda, mas os funcionários foram alertados para ficarem atentos para qualquer coisa semelhante", disse um porta-voz.

A prisão possui 426 homens - muitos aguardam deportação por crimes no Reino Unido.

Para a diversão dos presos, são permitidos os consoles de PlayStation 1 e 2, mas não o PlayStation 3, pois este modelo pode se conectar à internet.

Guardas de prisões nos EUA já encontraram uma arma de tatuagem feita a partir de consoles da Nintendo.

*Com informações do "The Sun"

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos