Mulher vende leite materno extra e principais clientes são homens

Do UOL Tabloide*

Em São Paulo

  • Reprodução/Metro.co.uk

    Toni com as mamadeiras de leite

    Toni com as mamadeiras de leite

Sem dinheiro, Toni Ebdon, do Reino Unido, deu à luz no início deste ano e começou a produzir mais leite do que precisava para alimentar seu bebê, David.

Um amigo brincou que ela estava produzindo tanto leite extra que poderia abrir a sua própria leiteria.

Ebdon então aproveitou a ideia e colocou um anúncio na internet oferecendo a mães que não conseguem produzir tanto leite, o seu leite extra para alimentar os bebês.

Mas Toni ficou surpresa quando os clientes que apareceram foram apenas homens - que pretendem usar o leite por suas propriedades curativas.

Estudos têm revelado que o leite materno pode ser usado para manter a saúde em geral e poderia inclusive ser uma cura milagrosa para doenças de adulto como câncer e diabetes.

"Eu estava esperando que mulheres que não poderiam amamentar entrassem em contato, mas todas as respostas foram de homens. Eu não faço muitas perguntas ou bisbilhoto a vida das pessoas. Toda a comunicação prévia para a venda é feita via email e eu me encontro com o cliente pessoalmente para entregar o leite, que pode ser fresco ou armazenado no freezer por até um mês", disse a mãe.

Ela diz que não consegue muito dinheiro com a venda, mas que há muito mais leite por vir e pretende continuar a vendê-lo.

*Com informações do site Metro.co.uk

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos