PUBLICIDADE
Topo

Tabloide

Profeta do "não-fim do mundo" se justifica dizendo que não é um gênio

Em sua casa, Harold Camping não queria dar entrevistas logo após o "não-fim do mundo" - Sprinkle Lab, Brandon Tauszik/AP
Em sua casa, Harold Camping não queria dar entrevistas logo após o "não-fim do mundo" Imagem: Sprinkle Lab, Brandon Tauszik/AP

Fábio Luís de Paula<br>Do UOL Tabloide

Em São Paulo

24/05/2011 09h00

Harold Camping, um radialista de 91 anos, presidente da rede evangélica de rádios "Family Radio" nos Estados Unidos - que tem mais de 150 estações e transmite em mais de 40 línguas -, está em choque.

Famoso por usar a numerologia baseada na Bíblia para prever datas para o "fim do mundo", sofreu um baque ao notar que o mundo não acabou em 21 de maio de 2011 como havia dito.

No vídeo abaixo (em inglês), é possível ver o quão Camping está abalado, se negando a dar declarações a uma rede de televisão que foi procurá-lo em sua casa, que fica na Califórnia. Ele diz que não quer falar pois é algo que 'significa muito para ele".

Entretanto, nesta segunda, dia 23 de maio, resolveu soltar o verbo e utilizou o alcance de suas emissoras de rádio, inclusive pela internet, para transmitir um bate-papo, ao vivo, que teve com jornalistas.

Sobre o caso, se justificou com frases como "eu não sou um gênio", mas depois acabou admitindo o deslize: "Sim, eu estava errado. Não sou um 'CEO', sou apenas um servo de Deus. Posso contar muitas histórias e estar errado sobre elas", disse em resposta aos jornalistas.

Tabloide