Topo

De péssimo tom: ladrão rouba guitarra de R$ 3,6 mil do caixão de soldado. Dó maior

Tome nota, rapaz: não é de bom tom violar túmulos - Reprodução/Brown County Sheriff
Tome nota, rapaz: não é de bom tom violar túmulos Imagem: Reprodução/Brown County Sheriff's Department

Fabrício Calado<br>Do UOL Tabloide<br>Em São Paulo

29/09/2011 12h33

Elvis não morreu, Frank Sinatra não era nenhum santo, o axé só existe graças às vogais... por pouco o mundo da música não ganha outro mito digno de nota. Uma guitarra foi roubada do túmulo de um veterano de guerra dos EUA. O ladrão, funcionário de um cemitério de Wisconsin, foi preso.

O violador de sepultura, Steven Conard, 39, era funcionário do cemitério católico Allouez e músico nas horas vagas. No dia do velório de Randall Jordan, 67, sua família deu ordens expressas à administração do lugar: ele queria ser enterrado com seu instrumento.

(Atenção para o solo de improviso do redator neste trecho da músic.... errr, nota, internauta!)

Enquanto preparava o caixão e viu a guitarra, uma Fender avaliada em US$ 2 mil (cerca de R$ 3,6 mil), algo no juízo moral de Conard deu e ele não teve : foi e roubou a preciosidade. Quando caiu em si, era tarde. Interrogado pela polícia, o acusado inicialmente ficou de mimimi, mas depois afinou para a lei. Resultado: verá o sol nascer quadrado por roubar de um cadáver. U!

Neste momento a guitarra repousa ao lado de seu dono, sem previsão de que acorde novamente.

Mais Tabloide