PUBLICIDADE
Topo

Tabloide

Fundo de guerra: traseiro de estátua de Saddam irá a leilão por R$ 27.500

Para quem curte olhar para o que passou, o traseiro de Saddam está à venda por um preço de arrasar - Goran Tomasevic/Reuters
Para quem curte olhar para o que passou, o traseiro de Saddam está à venda por um preço de arrasar Imagem: Goran Tomasevic/Reuters

Fabrício Calado<br>Do UOL Tabloide<br>Em São Paulo

13/10/2011 17h45

Em vida, o ditador iraquiano Saddam Hussein passou muito tempo com sua cabeça a prêmio. Após sua morte, será que ainda dá para faturar algum com sua retaguarda? Talvez sim.

Quem quis cobrar pra ver foi um soldado britânico. Ele pôs à venda o traseiro da estátua do ex-ditador iraquiano Saddam Hussein. A imagem da derrubada do monumento na capital, Bagdá, correu o mundo por seu peso simbólico (a queda de um tirano após os EUA comprovarem por A+B que lá havia... bem, nunca provaram muita coisa, mas enfim).

Nigel "Spud" Ely, 52, soldado de elite do exército do Reino Unido, guardou a peça de 0,6 metro logo após sua derrubada, em abril de 2003. Ele afirma que removeu o traseiro de 'Saddam' com um martelo e um pé-de-cabra, após obter permissão dos soldados que puseram o monumento abaixo.

Por sua peripécia, ele espera encher o cofre. O lance mínimo do leilão, a ser realizado no dia 27 deste mês, é de US$ 15.755 pelo traseiro de Saddam (ou cerca de R$ 27.500, se o dólar continuar na toada atual).

É capaz da família de George W. Bush curtir isso. Há tempos eles queriam ver o ditador pelas costas.

Tabloide