Prefeito diz que água da cidade faz com que moradores virem gays

Do UOL Tabloide

Em São Paulo

  • Reprodução de TV/Frecuencia Latina

    Esse prefeito aí está com medo de quê, hein?

    Esse prefeito aí está com medo de quê, hein?

Nunca diga dessa água não beberei. Quer dizer, se você estiver em Huarmey, uma cidade no interior do Peru, você pode até dizer essa frase. A água da cidade está carregada com estrôncio, um metal que faz mal para a saúde.

Só que, para o prefeito da localidade, a água com estrôncio pode transformar moradores heterossexuais em gays.

“Infelizmente, a água com estrôncio reduz os níveis de hormônios masculinos e, logo, estaremos como em Tabalosos, onde a porcentagem de homossexuais está aumentando”, afirmou o prefeito Jose Benitez.

Segundo os cientistas, o estrôncio pode causar câncer ósseo, anemia e complicações cardiovasculares, mas nada de alterações no comportamento sexual.

Há alguns anos, um programa de TV dizia que Tabalosos era a cidade com mais gays do Peru. A localidade fornece água para Huarmey.

O prefeito de Tabalosos, Jorge Luis Vasquez, afirmou que o mito manchou a reputação da cidade e a autoestima de seus jovens e exige um pedido de desculpas de Benitez.

*Com informações do Daily Mail

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos