Britânico folgado dá o mesmo cartão de Dia dos Namorados a sua mulher desde 1979

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Daily Mail

    Ele jura que não é folgado, nem mão-de-vaca

    Ele jura que não é folgado, nem mão-de-vaca

Faz 34 anos que todos os dias 14 de fevereiro, o britânico Ken Myers dá o mesmo cartão de Dia dos Namorados para sua mulher, Valerie. Em vez de gastar dinheiro e criatividade com um novo, o figura pega o velho cartão e adiciona uma nova mensagem de amor.

Myers, um novelista de 74 anos, jura que não é avarento ou mão-de-vaca. Tudo não passa de puro romantismo e tradição. Tudo começou em 1979, quando o sujeito deu o tal cartão para sua mulher, com quem tinha recém casado.

No ano seguinte, ele escreveu uma nova mensagem no cartão e a tradição começou.

“Gosto de pensar que sou um marido romântico, afinal, sou membro da Associação de Novelistas Românticos”, explicou Myers ao jornal Daily Mail. “Acho até que Valerie se decepcionaria se visse com um cartão diferente”, completou.

O próprio Myers desenhou o cartão. Na época, o novelista trabalhava como designer de cartões para grandes empresas como a Hallmark.

Valerie, de 63 anos, adora a tal tradição. “Amo o cartão. Ele se tornou especial com o passar dos anos. E ainda está em ótimas condições”, disse.

Segundo Myers, o velho cartão ainda tem espaço para vários outros “Valentine’s Day”, ou o Dia dos Namorados dos gringos.

(Com Daily Mail)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos